1983

2 de Abril. Morre Clara Nunes.

5 de Maio. (Jornal Folha Metropolitana/SP) “Marina no TUCA, com o show …Desta Vida, Desta Arte…” – Estréia hoje, no Teatro da Universidade Católica, o show “…Desta Vida, Desta Arte…”, com a cantora Marina, que fará exibições ainda dias 6, 7, 8, 12, 13, 14 e 15 de maio, com os ingressos custando Cr$ 1.500,00 e Cr$ 1.000,00 (sábados, ingresso único, Cr$ 1.500,00). As exibições são de quinta a sábado, 21h00, domingo, 20h00. Em “…Desta Vida, Desta Arte…”, Marina é acompanhada por Paulinho Guitarra, guitarra; Luizão, sopros; Paulinho Machado, teclados; Chico Gillam, baixo; e Rui Motta, bateria. (por Silvio Dinardo)

21 de Maio. (Jornal Folha do Metrô) Depois de uma temporada paulista onde seu show foi muito concorrido pelo público que lotou o TUCA, em todas as noites de apresentações, Marina Lima volta ao Rio de Janeiro. Ela se apresenta hoje na Santa Ursula (Botafogo), as 21h30m. No domingo, ela estará na UFRJ, as 17 horas e nas duas oportunidades o ingresso será vendido por Cr$ 800,00… Marina faz parte do que de melhor existe na música brasileira atualmente,  ou  seja,  talento  a  mil. (por Carole Chidiac)

27 de julho. (Revista Isto É) “Em cena, a voz dos anos 80” – Show: “Desta Vida, Desta Arte”, com Marina, no Circo Esperança (Rio), até 31 de julho. Marina ocupa o palco deixar bem claro que certamente o nome dela ficará como a voz dos anos 80. Simples, carinhosa e doce, mas também forte ou avassaladoramente erótica com sua voz rouca, de estranho timbre… O show é deliberadamente singelo. O talento de Marina, também roteirista e diretora, não necessita de grandes figurinos, cenografias ou coreografias. Os requintes ficam para o essencial: a iluminação sensível, profissionalíssima, de Samuel Betts, ou a excelente banda (uma constante nos shows de Marina), onde se destaca o melancólico e inspirado sax de Luizão… Sem aparatos comerciais, hermetismos inúteis, nem fácies concessões, Marina talvez jamais chegue ao Canecão. O que é ótimo: ela merece mais dignidade. Isso também vale para a produção, que não se deu ao trabalho sequer de elaborar um programa. (por Caio Fernando Abreu)

27 de Dezembro. Lançamento do filme “Garota Dourada”, dirigido por Antônio Calmon, que segue a mesma linha de “Menino do Rio”, feito em 82, pelo mesmo diretor. O elenco é encabeçado por André de Biasi e Bianca Bygton, que vivem o par romântico – respectivamente, um surfista e uma gatinha de praia. O que dá certo “tempero” à trama é  a  trilha  sonora,  que  tem  o  som  gostoso  da  cantora  Marina – que dá o ar de sua graça, como atriz – e  do  Rádio  Táxi.